Veja como o Facebook pode ser seu aliado na hora de retomar questões históricas

Professora diz que a internet é um meio rápido e dinâmico de retomar os conteúdos. Descubra como


Fonte: Universia Brasil
Fonte: Universia Brasil
“Vale a pena a informação da internet mesmo, porque é uma informação mais resumida, mais dinâmica e que vem mais rápido”
Faltando poucos meses para o Enem, a lista de conteúdos para revisão é imensa. Se sua preocupação ainda é adquirir bagagem histórica tanto para a redação quanto para as questões objetivas, estudar pode ser complicado e responsável por consumir muito do seu tempo.

Para a professora de redação Andrea Lanzara do Cusinho da Poli, de São Paulo, a internet é a melhor maneira de dar conta destes conhecimentos em um espaço tão curto de tempo. E ela explica: “para quem deixou para trás alguns conhecimentos, vale a pena a informação da internet mesmo, porque é uma informação mais resumida, mais dinâmica e que vem mais rápido”.

E como lidar com os textos da internet? A professora acredita que a melhor maneira de trabalhar com esses artigos é fazer um apanhado deles e anotar suas principais ideias. Mas ressalta: “esse aluno não pode simplesmente copiar essas ideias. Ele tem que refletir e formar um ponto de vista, que mostre essa reflexão autônoma sobre o problema.”

O Facebook também pode ser um aliado porque, segundo ela, “há vários perfis de revistas de história que problematizam algumas questões atuais da realidade brasileira. Então, acho que vale a pena ele enveredar por esses artigos mesmo, para tentar se preparar mesmo às vésperas da prova”, assegurou.

Ficou curioso para saber quais são as páginas a que ela se referia? Veja a seguir três sugestões da professora:


Postagens mais visitadas deste blog

Classicismo

Prosa Romântica no Brasil